Tiras – Maio 2012

Me encontro na padaria próxima a terapia.  Acordei no mesmo horário que todos os dias, mas a rotina é diferente. Tenho que acordar para já me arrumar: tomar banho, lavar o cabelo, me trocar, secar o cabelo, me maquiar e sair para a rua. Como é muito cedo, opto por tomar café antes de entrar .

Estou em uma esquina muito movimentada na região da Paulista, fica na frente de outra padaria muito  mais badalada, e mais cara. Mas eu prefiro essa porque ela não tem televisão. Consigo me concentrar com os meus pensamentos e observar o meu redor.

Ouço o barulho do liquidificador, da espatula na chapa, dos vários ” bom dia! “,  dos pedidos “um café curto! e duas médias claras! ” .Sinto o cheiro do café preto, quentinho, tirado na hora que seguia o trajeto até a minha mesa, mas parou numa antes para a minha decepção e aumento da minha expectativa.

Enquanto isso me entretenho mais um pouquinho com pensamentos e palavras.

*Trecho de anotações do dia 04/04/2012 – R. Haddock Lobo x R. Luís Coelho – não sei o nome da padaria.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s