O amor que vive em mim e comigo.

Texto para o meu marido, Fernando.

Quando ele saiu de casa hoje pela manhã, eu dei o meu beijo de tchau desejando um lindo dia! Eu fiquei com aquela sensação gostosa de estar com a pessoa certa e me peguei pensando, como pode estarmos tanto tempo juntos e eu sentir a mesma coisa, ou melhor, me sentir melhor do que quando começamos!

Fazem 12 que anos que nos conhecemos e eu não consigo sentir que tanto tempo passou. Não vou dizer que a minha vida ao seu lado é como nos contos de fadas: sorrisos e lindas palavras de amor o tempo todo.

Não, a nossa vida é muito real.

Nos desentendemos, nos amamos, compreendemos um ao outro, demos colo, ficamos chateados um com o outro. No dia a dia já sabemos o que um tem costume de fazer; como por exemplo deixar gavetas e portas abertas! (eu) E como isso pode irritar num momento já de saco cheio da vida e em outros pode passar batido. E agora com a vantagem da pequena ir fechando pra mim, ufa, e como nós rimos disso juntos!

Ele é um pai incrível para a pequena, quer por mais limites do que eu imaginaria. A gente não concorda em tudo sobre a criação dela, mas acho que aí que está a graça eu o ouço e ele faz o mesmo. E vamos seguindo, as vezes muito cansados da rotina e outras vezes rindo dela.

Continuo aprendendo com ele a me olhar mais no espelho e, por exemplo, reparar nas caretas que eu faço quando estou cansada ou com raiva, não sei se consigo mudá-las, mas tenho consciência do que eu faço, rs.

Obrigada por me deixar te amar e por me fazer me amar!

Family

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s